You are here:--Sexo e autoconfiança: as melhorias íntimas ajudam?

Sexo e autoconfiança: as melhorias íntimas ajudam?

Sexo e autoconfiança: as melhorias íntimas ajudam?

Dentro do campo da cirurgia plástica, a cirurgia estética genital vem ganhando força tanto para mulheres quanto para homens. Neste artigo, examinamos algumas das opções, se elas podem trazer satisfação geral ou sexual, e o que levar em conta ao considerar a cirurgia estética íntima.

Pode obter uma ‘atualização’ da vagina para melhorar sua vida? Nós investigamos.

Recentemente, uma agência de notícias informou uma nova tendência chocante entre alguns homens na Tailândia: o branqueamento do pênis . Isso trouxe a atenção de volta para os procedimentos frequentemente controversos de “melhorar” as partes privadas.

Atualmente, existem muitas intervenções estéticas genitais e outras “melhorias” genitais que se tornaram disponíveis para homens e mulheres que, por uma razão ou outra, podem se sentir insatisfeitos com suas regiões inferiores.

cirurgia-plastica-intima-autoestima

Que tipos de “atualização” intimas estão disponíveis e por que os escolhemos? Além disso, é provável que eles melhorem nosso senso de satisfação pessoal e bem-estar?

Abaixo, abordamos essas questões e apresentamos uma visão geral da cirurgia estética genital e o que você deve ter em mente antes de ir à faca.

Cirurgia estética intima feminina

As mulheres têm uma escolha de procedimentos genitais de aprimoramento ou rejuvenescimento, alguns dos quais se concentram em fazer com que suas partes íntimas pareçam esteticamente agradáveis ​​ou se sintam mais confortáveis, enquanto outros buscam ajudar as mulheres a obter melhor satisfação sob os lençóis.

Labioplastia

Muitas mulheres optam por labioplastia porque o excesso de pele interna dos lábios torna-os fisicamente desconfortáveis.

A labioplastia é provavelmente a cirurgia plástica intima mais conhecida para as mulheres. Nele, o tamanho de um ou ambos os lábios internos – os “lábios” que flanqueiam a abertura vaginal – é reduzido.

Isso geralmente é feito quando um lábio é visivelmente mais longo do que o outro e é esteticamente desagradável, ou quando o tamanho de um ou ambos os lábios tornam o sexo ou outras atividades físicas desconfortáveis ​​ou dolorosas devido ao excesso de puxões e torções da pele.

Mas se engana quando se fala que a cirurgia intima é somente estética, muitas mulheres sofrem com esse excesso de pele, com o desconforto ao andar de bicicleta, praticar alguns exercícios usar certos tipos de roupa  e até mesmo nas relações sexuais.

Às vezes, as labioplastias são acompanhadas por um procedimento de redução da pele excedente do clítoris – embora este tipo de intervenção também possa ser realizado separadamente – o que envolve a redução das dobras da pele que “embainham” o clitóris.

Isso pode ser feito apenas para melhorar a aparência após uma labioplastia ou para melhorar a sensibilidade do clitóris.

As mulheres também podem optar por uma intervenção para reduzir seus grandes lábios, que são os “excesso de pele” externos da pele que cobrem os pequenos lábios.

Tal como acontece com os pequenos lábios, algumas mulheres podem sentir desconforto do puxão e torção dos lábios maiores experimentados durante várias atividades físicas, ou podem simplesmente ser desconfortáveis ​​com seu aspecto físico.

labioplastia-cirurgia-genital

Lipoaspiração no Monte de Vênus

Outro tipo de intervenção estética oferecido em algumas clínicas é a redução do tamanho do púbis, que é a área logo abaixo da barriga e acima dos grandes lábios, é onde fica os pelos pubianos. Essa parte do corpo feminino possui uma protuberância natural, mas algumas mulheres podem se sentir desconfortáveis ​​com seu tamanho.

Nestes casos, a lipoaspiração é frequentemente realizada para remover o excesso de gordura dessa área, e às vezes a remoção de alguma pele também é necessária.

Perionoplastia ou Vaginoplastia

A perionioplastia , ou vaginoplastia, é um procedimento de “rejuvenescimento” no qual a vagina de uma mulher é apertada, muitas vezes exigida pelas mulheres após terem passado pelo parto natural, o que pode fazer com que a vagina fique mais frouxa.

A vaginoplastia pode envolver “ir para a faca”, embora, às vezes, procedimentos não invasivos, como a cirurgia a laser, também estejam disponíveis. Este tipo de intervenção também é muito usado para ajudar com a incontinência urinária.

Pode ser interessante: Frases românticas: veja as melhores opções na hora da conquista

Alguns Procedimentos mais controversos

Alguns procedimentos íntimos”restauradores” ou “intensificadores” para mulheres têm sido alvo de muito mais controvérsia do que outros. Um exemplo é o da cirurgia de reconstrução do hímen que é uma fina membrana que reveste a abertura vaginal , uma intervenção que visa “reparar” um hímen rompido.

O hímen pode romper-se ocasionalmente durante a relação sexual ou mesmo devido ao exercício físico extenuante, o que geralmente não afeta a saúde ginecológica. No entanto, sua associação tradicional com a virgindade levou a muitos debates sobre a legitimidade dos procedimentos de reparo do hímen.

E os chamados O-shot e G-shot visam aumentar a sensibilidade das mulheres nas áreas mais propensas a levar ao orgasmo.

E, mais recentemente, injeções que alegam aumentar a satisfação sexual feminina, conhecidas no Brasil como injeções para aumentar o ponto G, nos EUA é conhecido com “O-shots (abreviação de “tiros de orgasmo”)” e “G-shots“, é está atraindo bastante atenção.

Na teoria pode até funcionar.. Mas ainda não se sabe da eficácia desse procedimento.

injecao-para-orgasmo-g-shot

A cirurgia intima nos deixa mais felizes?

Independentemente da razão pela qual podemos optar por passar por um desses procedimentos, seu grau de sucesso é, em grande parte, também decidido pelo quão satisfeitos estamos com o resultado final. A esse respeito, parece haver uma lacuna considerável entre a resposta dos homens e a das mulheres.

A pesquisa mostrou que as mulheres que optam por um dos tipos mais comuns de cirurgia estética íntima, como a labioplastia, geralmente ficam satisfeitas com os resultados.

Uma revisão dá uma taxa de satisfação geral de 90 a 95 por cento para as mulheres, enquanto a satisfação sexual pós-operatória está em 80-85 por cento.

“No entanto”, acrescentou ele, “como em qualquer procedimento estético, a consulta é fundamental, com discussões claras sobre expectativas e compreensão do perfil de complicações”.

Procure sempre aconselhamento profissional

Uma vez que as apostas – tanto emocionais quanto físicas – na cirurgia estética íntima podem ser tão altas, é crucial obter aconselhamento profissional confiável antes de empreender tal esforço.

Qualquer operação, eletiva ou de emergência, acarreta riscos e complicações. Problemas comuns de sangramento, infecção e problemas de ferida também ocorrem em labioplastia, assim como em outras cirurgias.

Deve se ter muito cuidado ao escolher um cirurgião plástico para efetuar os procedimentos escolhidos, pois existe uma linha bem tênue entre a mutilação genital feminina e a cirurgia estética, e se não forem realizadas com responsabilidade por um cirurgião plástico certificado, pode ocasionar mais estragos do que reparos.

O primeiro ponto de escala deve ser o seu médico, que poderá fornecer a você alguns conselhos básicos sobre quais procedimentos serão ou não apropriados para você.

E você? já conhecia algum desses procedimentos? conhece alguém que se submeteria a eles?

By | 2018-07-04T22:50:40+00:00 julho 4th, 2018|Categories: Uncategorized|1 Comment

About the Author:

One Comment

  1. […] Sexo e autoconfiança: as melhorias íntimas ajudam? […]

Leave A Comment